Seu portal de informações sobre o mercado de investimentos.

4 mi de pessoas físicas investem em renda variável na B3

4 milhões de pessoas físicas investem em renda variável na B3 (Reprodução Serasa)

No dia de ontem (3) a B3 (Bolsa de valores brasileira) apresentou os dados levantados em outubro. Segundo as informações ela atingiu no mês de outubro, a marca histórica de 4 milhões de contas de pessoas físicas em renda variável. Com 1,1 milhão de contas de mulheres e 2,9 milhões de homens, o valor em custódia da pessoa física é de R$ 490 bilhões.  (B3).

Conforme o estudo trimestral com dados até setembro de 2021, o número de investidores em ações cresceu 26% na comparação com setembro de 2020. O aumento foi de 40% especificamente nos fundos de investimento imobiliários (FIIs), de 96% nos fundos de índices (ETFs) e de 1.414% nos BDRs (Brazilian Depositary Receipt), na mesma comparação. (Infomoney).

Com a marca, a B3 se aproxima mais um pouco de uma antiga meta, a de chegar a 5 milhões de pessoas físicas investindo em ações e outros produtos de renda variável. A meta é perseguida pela bolsa desde 2009, quando havia expectativas da gestão da época de se atingir o número já em 2014. (Valor Investe)

Os dados confirmam que a maior parte dos novos investidores (48%) entra no mercado de equities na faixa de 25 a 39 anos. A faixa entre 19 e 24 anos está na sequência, com 24% dos novos investidores. “Isso traz mais cores para a mudança geracional que temos observado desde 2019”, avalia Paiva.  (B3).

Pessoas físicas no mercado de renda fixa

O estudo aponta também o crescimento na base de pessoas físicas em renda fixa na B3. São 9,6 milhões de PFs em produtos de Renda Fixa, considerando Certificados de Depósito Bancário, Recibo de Depósito Bancário, Letra de Crédito, Letra de Crédito Imobiliário, Letra de Crédito do Agronegócio, Certificados de Recebíveis do Agronegócio, Certificados de Recebíveis Imobiliários, Debêntures, Notas Comerciais e Letras Hipotecárias. Em relação ao final de 2020, observa-se um aumento de 11% no número de CPFs e aumento de 17% no saldo em custódia.

O Certificado de Depósito Bancário (CDB) é o principal produto de renda fixa da pessoa física. São 6,8 milhões de PFs em CDBs e um saldo de R$ 473 bilhões. Em relação ao final de 2020 observa-se um aumento de 11% de pessoas físicas no produto. 

Os Recibos de Depósito Bancário (RDBs) estão em segundo lugar no gosto do investidor individual por produtos de renda fixa, com 2,3 milhões de CPFs. Na sequência estão produtos isentos do imposto de renda e que costumam oferecer rendimentos superiores aos da Poupança: Letras de Crédito Imobiliário (LCIs), com 907 mil pessoas físicas e as Letras de Crédito do Agronégocio (LCAs), com 593 mil PFs. Em relação aos demais produtos de renda fixa, as LCAs apresentaram o maior aumento relativo do número de investidores, com 49% a mais de pessoas físicas e crescimento de 38% no saldo. 

Por fim, na renda fixa há 9,6 milhões de pessoas físicas investindo, sendo que 6,8 milhões dessas possuem aplicações em Certificados de Depósito Bancário (CDBs). O número de investidores no Tesouro Direto chegou a 1,7 milhão.

Você não pode ficar de fora, quer aprender a também investir em renda variável? Conta com a gente. Faça parte do nosso canal do Telegram.

Compartilhe esse Artigo:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Continue lendo:

Queremos transformar qualquer pessoa em investidor e tornar a vida de todo investidor mais fácil.

O Ticker 11 é o seu portal de informações e análises sobre Fundos Imobiliários, Ações, Fundos de Investimentos e Previdência e Criptomoedas

Economize tempo e dinheiro investindo com a Ticker 11!

Nossos especialistas acompanharão o mercado pra você e trarão as melhor oportunidades em um relatório semanal com carteira recomendada de alta performance!

Acesse gratuitamente um relatório e análise do FII BCFF11!

Basta digitar o seu e-mail ao lado para receber gratuitamente no seu e-mail um relatório da Ticker 11 sobre o fundo imobiliário BCFF11.